Höchst, Áustria | Julho 2021

A Blum fecha o exercício com 2.376,75 milhões de euros

A fabricante de Vorarlberg gera um aumento de 24,7 % nas vendas

A empresa familiar de Höchst fecha o exercício econômico de 2020/21 em 30 de junho de 2021 com um volume de vendas do grupo de 2.376,75 milhões de euros. Isto corresponde a um aumento das vendas de 470 milhões de euros face ao ano anterior. A grande demanda por cozinhas e móveis de alta qualidade em sua própria casa é responsável pelo desenvolvimento positivo de faturamento da especialista em ferragens. No entanto, a escassez de matérias-primas, especialmente o aço, e uma cadeia de fornecimento tensa estão criando enormes desafios.

 

De 1º de julho de 2020 a 30 de junho de 2021, o grupo Blum gerou um total de 2.376,75 milhões de euros em vendas. O grande crescimento corresponde a um aumento de 24,7 % ou 470 milhões de euros em relação ao ano anterior. O aumento mundial na demanda na construção de móveis devido à pandemia do Corona virus resultou em uma elevação desproporcional nas vendas também para a fabricante de ferragens de Vorarlberg, o que não era previsível. “Suas próprias quatro paredes ganharam importância em todo o mundo durante a crise. Ao mesmo tempo, houve uma mudança no consumo privado – das atividades clássicas de lazer para o investimento na própria casa. Entre outras, também em cozinhas e móveis”, afirma Philipp Blum, diretor executivo da Blum, explicando o desenvolvimento.

Desenvolvimento dos mercados internacionais

Embora as lojas de móveis tenham sido parcialmente afetadas por longos fechamentos durante os lockdowns, a demanda no setor residencial e de móveis aumentou em todo o mundo. Os mercados da Europa Ocidental registraram forte crescimento, especialmente Itália, França, Reino Unido e Alemanha. Houve também um grande incremento na Europa Oriental, como na Polônia, Rússia, República Tcheca e Turquia. Os mercados norte-americanos também se desenvolveram bem. Houve ainda crescimento das vendas nos mercados da Ásia e Oceania - a China novamente deu uma grande contribuição. África, América do Sul e Oriente Próximo e Oriente Médio tiveram da mesma forma um ano positivo. A especialista em ferragens fornece para clientes em mais de 120 países – desde a primavera de 2021, com a fundação da Blum Indonésia, a empresa conta com um total de 33 subsidiárias e escritórios de representação em todo o mundo. Philipp Blum está convencido de que, para estar perto dos clientes, a orientação internacional das organizações locais e equipes de vendas em todo o mundo provou ser particularmente importante durante a pandemia. A distribuição de vendas do grupo Blum permaneceu constante em comparação com o ano anterior. “Ainda geramos a maior parte das nossas vendas, ou seja, 44%, no nosso mercado interno, a União Europeia”, informa Philipp Blum. Os EUA continuam sendo o maior mercado individual com uma participação de 13%, os outros mercados a nível mundial representam 43% do total das vendas.

Colaboradores como fator-chave de sucesso

“A grande demanda por cozinhas e móveis e, consequentemente, por produtos Blum, é mais do que gratificante, mas nos apresenta desafios extremos, principalmente no ambiente de produção”, afirma o diretor administrativo Martin Blum. O fornecimento seguro e confiável de ferragens para seus clientes é uma das principais prioridades da tradicional empresa de Vorarlberg. “Um grande obrigado aos nossos colaboradores. Com um empenho e flexibilidade inacreditáveis, deram uma contribuição significativa para vencer este ano incomum ”, enfatiza Martin Blum. No final do exercício financeiro, 8.778 colegas trabalhavam para a Blum em todo o mundo, dos quais 6.551 em Vorarlberg. No ano passado, 371 novos colaboradores foram contratados em Vorarlberg, e 429 em todo o mundo. A aprendizagem – formação de jovens para se tornarem trabalhadores qualificados – continua a ser um fator importante para a Blum, a fim de contrariar a escassez de trabalhadores qualificados e de se posicionar para o futuro a longo prazo. Em 1º de setembro, 93 novos aprendizes iniciam sua formação na Blum em Vorarlberg, 8 jovens nos EUA e 2 na Polônia.

Investimentos contínuos em Vorarlberg e no mundo

Os investimentos globais totais no último exercício são de 259 milhões de euros, dos quais 176 milhões em Vorarlberg. Mesmo nestes tempos desafiadores, a Blum investe constantemente e a longo prazo na expansão de edifícios, máquinas e equipamentos. “Graças ao planejamento de longo prazo, estávamos em posição de atender essa demanda inesperadamente forte da melhor maneira possível ”, disse Martin Blum. A expansão da fábrica 4, em Bregenz, entrará em funcionamento ainda no verão (europeu). Na fábrica 6, em Gaißau, o início da expansão da produção e do armazém de prateleiras verticais já ocorreu, e a previsão para entrar em funcionamento é para meados de 2023. “Continuamos a assumir um compromisso claro com o local de produção Vorarlberg”, informa Martin Blum. Em linha com uma estratégia de crescimento saudável, o grupo Blum fortalece sua orientação internacional com investimentos globais. A expansão da fábrica na Polônia também está progredindo, e a Blum espera conclusão no outono (europeu) de 2023. A construção da unidade de produção da China será concluída no início de 2022. “Este é um mercado em rápido crescimento – para atender a demanda do mercado chinês, decidimos abrir uma unidade de produção local. Isso nos dá mais flexibilidade, ficamos mais próximos de nossos clientes e evitamos longos percursos de transporte ”, explica o diretor administrativo.

Alta demanda tem consequências

A enorme demanda na indústria de cozinha e móveis, bem como em outras indústrias, levou a uma enorme escassez de matérias-primas como o aço – por meses. “Infelizmente, nossos clientes também têm que esperar mais tempo por nossos produtos no momento ”, informa Martin Blum, e completa: "Só conseguimos atender à demanda cada vez maior dos mercados por meio de prazos de entrega parcialmente ajustados.” O preço do aço quase dobrou, mas matéria plástica, embalagens, zinco ou alumínio também são afetados por aumentos de preços massivos. Um desenvolvimento semelhante pode ser visto no setor de transporte: toda a cadeia de fornecimento internacional está sob pressão: tanto no transporte terrestre quanto no marítimo os preços aumentaram, em alguns casos significativamente. “Mesmo que a situação seja atualmente muito desafiadora, nossas parcerias de longo prazo com nossos fornecedores garantem pelo menos um certo grau de estabilidade”, assim está Martin Blum convencido.

Inovações: garantia para o futuro

Mesmo em um exercício econômico turbulento, a Blum vê as inovações contínuas em produtos e serviços como uma garantia para o futuro. Com o evento híbrido "Blum CONNECTS" como parte da feira internacional interzum, a empresa familiar utilizou tecnologias digitais – a fabricante de ferragens apresentou suas inovações a seus clientes ao redor do mundo em uma combinação de eventos locais nas organizações de mercado e elementos digitais. REVEGO, o sistema Pocket como solução para o fechamento de frentes amplas, está sendo usado por diversos clientes pela primeira vez e oferece opções de design individual para espaços pequenos e grandes. Para um design minimalista está disponível AVENTOS HKi, uma ferragem que é quase invisível mesmo com o móvel aberto. A Blum também segue a tendência de superfícies escuras e metálicas para móveis. “Tentamos atender aos desejos de design de nossos clientes por mais individualidade em cozinhas e móveis com nossas soluções de ferragens ”, relata Philipp Blum.

Perspectivas para o próximo exercício

De acordo com a gestão, as cadeias de fornecimento internacionais e a disponibilidade de matérias-primas permanecerão tensas por ainda mais tempo. “Esperamos que – também por causa da alta cobertura de vacinação – sejamos poupados de novos lockdowns”, diz Philipp Blum. Ao mesmo tempo, surge a questão de saber se a tendência ‘homing’ e a mudança associada no consumo privado irão durar. Para Philipp Blum está claro: “As experiências que vivemos como empresa no último ano e meio nos ajudam a seguir em frente. As possibilidades digitais oferecem muitas oportunidades, mas também mostraram que as conversas e trocas pessoais são insubstituíveis.” Toda a empresa continua a ser um parceiro confiável para clientes em todo o mundo.

 

 

Philipp Blum, diretor executivo

Martin Blum, diretor executivo

Fábrica 2 em Höchst, sede do Grupo Blum

Parceria de relacionamento
Julius Blum GmbH

Julius Blum GmbH

Werk 2

Yvonne Schrott-Greußing

Industriestrasse 1

6973 HÖCHST



Asia
Europe
Oceania

Compartilhar página